Riscos do aluguel direto entre locatário e locador
Voltar para o blog

Riscos do aluguel direto entre locatário e locador

Você já deve ter ouvido falar de pessoas que optam locar um imóvel diretamente com o proprietário, sem a assistência de uma imobiliária especializada. Muitas vezes dita preferência visa diminuir os custos do contrato, mas muito cuidado, esse tipo de ajuste é o tipo de modalidade que se enquadra no famoso “barato que sai caro”. 

 

Visando demonstrar a importância em primar por um bom negócio, vamos abordar possíveis riscos que você corre em realizar um contrato sem a devida orientação:

 

PROBLEMAS DE RELACIONAMENTO

Quando a contratação é feita diretamente entre as partes, não haverá um intermediador do pacto locatício, o que pode gerar desavenças, haja vista que haverá conflitos de interesses por diversas vezes. Para receber as chaves corre tudo às mil maravilhas, mas depois... E na entrega do imóvel então?!

 

COBRANÇA DE TAXAS

 Na locação de um imóvel é comum que exista a cobrança de algumas taxas, as quais, em caso de o negócio ser intermediado por uma empresa especializada, serão discutidas previamente ao seu fechamento e constarão no contrato de locação. Em casos onde não haja ajuste prévio e nenhum documento que comprove o antes acordado, podem haver problemas em relação à cobrança e pagamento de taxas que não foram acordadas. 

 

REAJUSTE NO VALOR DA LOCAÇÃO

Como se sabe, o valor da locação é reajustado uma vez a cada 12 meses, de acordo com o IGPM. No entanto, em contratos não oficializados, pode haver abuso no aumento de preço ou defasagem ao longo do tempo, o que poderá gerar inadimplência, e certamente será motivo de debate e litígio. 

 

CONDIÇÕES DO IMÓVEL

O estado em que o imóvel se encontra pode ser um percalço ao iniciar e findar uma locação, tendo em vista que muitas informações podem ser omitidas quando não há um documento legal a fim de comprovar possíveis danos pré-existentes à locação, a VISTORIA. Dita situação pode ser facilmente evitada quando o negócio é realizado por uma administradora, em razão da realização de vistoria antes da assinatura do contrato e ao final, na entrega do imóvel.

 

Os riscos acima elencados podem ser minimizados quando as partes estiverem sendo orientadas por uma Imobiliária idônea e de confiança. Quer garantir sua tranquilidade ao alugar um imóvel? Faça contato conosco!

Outros posts

  1. QUEM PAGA O IPTU? LOCADOR OU LOCATÁRIO?

    QUEM PAGA O IPTU? LOCADOR OU LOCATÁRIO?

    Novo ano, novas responsabilidades. Com o início de um novo ano, sabe-se que logo, logo, iremos nos deparar com a cobrança do IPTU (Imposto sobre Propriedade e Predial e Territorial Urbano).  ...

  2. Locação para temporada

    Locação para temporada

    Além das espécies de locação usuais (residencial e não-residencial), a Lei de Locações abriga outra modalidade locatícia, a locação para temporada, regulada pelo art. 48 da Lei 8.245/91, que se volta...

  3. Imóvel novo ou usado, qual comprar?

    Imóvel novo ou usado, qual comprar?

    Chegou o momento de realização do sonho de comprar a sua casa própria, mas você está em dúvida entre adquirir um imóvel novo ou usado? Não se preocupe, o tema do blog de hoje ajudará você a ver os pró...

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência.

Imobiliária Cruzeiro

(55) 99972-6245